Português Italian English Spanish

Apresentado o projeto de melhorias no trevo de Tamandaré

Apresentado o projeto de melhorias no trevo de Tamandaré


Secretário Juvir Costella e do diretor geral DAER estiveram no encontro

Garibaldi- Em busca de oferecer mais segurança aos motoristas que trafegam na região, a Prefeitura de Garibaldi, em parceria com as entidades empresariais locais, e a Secretaria de Logística e Transportes do Estado, apresentou nesta quinta-feira, dia 16, um projeto de melhorias no acesso ao bairro Tamandaré pela RSC-453.

A reunião realizada na Câmara de Indústria e Comércio (CIC) contou com a presença do secretário Juvir Costella e do diretor geral do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER), Luciano Faustino da Silva.

O prefeito Antonio Cettolin classificou o projeto como definitivo para resolver o problema do local, que recebe cada vez mais fluxo de veículos. As dificuldades financeiras do Estado fizeram com que o Município buscasse a iniciativa de contratar o projeto e sua execução. “Este tema surgiu por meio de demandas da CIC, por intermédio de seus associados. O Município já separou um recurso para garantir a construção do trevo de Tamandaré”, anunciou.

Ao elogiar a iniciativa do município em buscar a parceria com o Estado, Costella apresentou o projeto que será implantado no local, sob fiscalização do DAER e recursos da municipalidade.

Segundo o projeto, os caminhões que estiverem seguindo no sentido Farroupilha/Garibaldi e quiserem acessar o bairro deverão fazer o retorno no trevo da Telasul, para depois poder fazer a travessia de entrada à Tamandaré.

Da mesma forma, os veículos de carga que saírem de Tamandaré e seguirem para Farroupilha deverão fazer o retorno na rotatória da BR-470. Também será feito um alargamento da pista, criando uma via auxiliar para quem segue no sentido Farroupilha, além de sinalização para redução de velocidade.

Costella disse que o projeto será levado à análise de técnicos da Secretaria e, em cerca de 15 dias, terá uma definição para aprovação. Segundo Cettolin, aprovado o projeto pelo DAER, o mesmo será encaminhado para técnicos do município para avaliar o custo e ser licitado.