Português Italian English Spanish

ARPA flagra e prende duas pessoas por caça ilegal em Garibaldi

ARPA flagra e prende duas pessoas por caça ilegal em Garibaldi


As prisões ocorreram na localidade de São Miguel

Garibaldi- A Associação Riograndense de Proteção aos Animais e ao Meio Ambiente-ARPA, através do seu fiscal, Jorge Acco, flagrou e prendeu na tarde de domingo,04, dois homens, pela prática de caça ilegal na localidade de São Miguel, em Garibaldi. Em entrevista à Rádio Estação FM, o fiscal comentou que os elementos tem entre 30 e 50 anos.

Conforme Acco, com eles foram apreendidas espingardas com silenciador acoplados, munições e aves silvestres já abatidas (pombões). Além deste crime, eles foram indiciados por invasão de propriedade particular. Segundo o fiscal, os homens são moradores de Garibaldi. Eles foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento-DPPA em Bento Gonçalves, onde foram ouvidos e feito o registro da ocorrência, sendo após liberados. Os caçadores irão responder por esses crimes e por porte ilegal de arma de fogo também.

Mortandade de abelhas na Região:

O fiscal da ARPA comentou ainda na entrevista, sobre a mortandade de abelhas que tem se registrado na região nos últimos dias. Conforme Acco, isso é decorrente do uso de agrotóxicos de forma irregular, que estão sendo aplicados por produtores em suas lavouras.

Segundo ele, isso tem se verificado nos municípios de Pinto Bandeira, Monte Belo do Sul e em propriedades no interior de Bento Gonçalves. “Solicitamos aos produtores, que fiquem atentos em relação a essa mortandade desses insetos e se notarem que isso esteja ocorrendo em suas propriedades, liguem para nós pelo telefone: (54) 9 99 78 4715, ou informe ainda os profissionais da Inspetoria Veterinária local ou da Emater”, destacou Acco.