Português Italian English Spanish

PC prende suspeito da morte de taxista em Montenegro

PC prende suspeito da morte de taxista em Montenegro


Antes de ser taxista, a vítima foi policial militar

Montenegro- A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira, 14, o suspeito da morte do taxista Marcelino André da Silveira, 53 anos, ocorrida na madrugada de domingo, 11. A 1ª DP de Montenegro, com apoio da Delegacia Regional e Delegacia de Pronto Atendimento de Montenegro, bem como de Pareci Novo, deram cumprimento a mandado de busca e apreensão e à prisão temporária de um indivíduo de 27 anos, que já responde por tentativa de latrocínio de motorista de aplicativo em maio de 2019, que confessou no momento desta prisão, justificando que teria cometido em "um momento de bobeira", em circunstâncias idênticas ao cometido no feriado.

A residência do suspeito possui acesso próximo ao local onde foi abandonado o táxi da vítima, bem como trabalha em corte de mato próximo ao local onde foi encontrado o corpo do taxista. Foi apreendida ainda na sua residência roupas com suspeita de conter marcas de sangue. Além disso, o manuseio do celular, previamente autorizada pela justiça, comprovam que está envolvido na receptação de dois cavalos, também recuperados pela 1ª DP de Montenegro na terça-feira, 13. As investigações seguem no sentido de buscar mais provas de sua participação no crime. A polícia trabalha com o crime de latrocínio (Roubo seguido de morte).