Português Italian English Spanish

Identificados três dos quatro mortos no confronto com a BM em Farroupilha

Identificados três dos quatro mortos no confronto com a BM em Farroupilha


Um dos mortos era morador de Carlos Barbosa

Farroupilha- Já foram identificados três dos quatro mortos no confronto com a Brigada Militar na noite de sábado, 31, na Linha Rio Burati, em Farroupilha. A mulher foi identificada como sendo Aline Pinheiro Nunes, 23 anos, moradora de Bento Gonçalves. Aline já tinha antecedentes por tráfico de entorpecentes e havia sido presa no mês de outubro com armas de fogo, porém, estava em liberdade.

Outro morto no confronto, é Gian Micael Armonico de Oliveira, 19 anos,  da cidade de Novo Hamburgo. Ele tinha antecedentes por porte de arma de fogo e tráfico de entorpecentes. O terceiro homem morto é Mateus Gonçalves, 24 anos. Ele era morador de Carlos Barbosa, estava foragido e possuía antecedentes por roubos, receptação e porte de arma de fogo. O quarto elemento não havia sido identificado até este domingo.

A quadrilha é acusada por crimes ocorridos recentemente na Serra. Foram dois assassinatos com decapitações. De acordo com a BM, o 4º Batalhão de Choque foi acionado pelo setor de inteligência do Comando Regional da Serra, que descobriu o paradeiro dos criminosos na Linha Rio Burati. Eles estariam planejando outros crimes na região. Segundo a polícia, eles eram ligados a uma facção que disputa o tráfico de entorpecentes. O major Diego Soccol, comandante do 4º BPChoque, conversou com a reportagem da Rádio Estação FM. (Ouça a entrevista).

Na residência desta chácara em Farroupilha, foram apreendidos três revólveres calibre .38 e duas pistolas, sendo uma 9mm e outra calibre 380, bem como uma caminhonete GM S10, com registro de furto em Osório no dia 21 de outubro. Também foram localizados celulares com vídeos de esquartejamentos. Conforme a polícia, a casa teria sido o local onde o motoboy de Bento Gonçalves, Bruno da Costa, 22 anos, teria sido executado. O corpo foi encontrado carbonizado dentro de um Fiat Uno incendiado no interior de Carlos Barbosa. A cabeça do rapaz foi localizada no sábado, com dois dedos, dentro de um saco em Caxias do Sul. Perto da chácara na semana que passou, também foi localizado um corpo esquartejado dentro de uma mala. A cabeça não foi encontrada e a vítima ainda não foi identificada.