Português Italian English Spanish

Metalúrgicos Barbosenses aprovam campanha salarial e reajuste de 2,69%

Metalúrgicos Barbosenses aprovam campanha salarial e reajuste de 2,69%


A classe aprovou ainda, que a empresa adote regime de escala de 12 x36

Carlos Barbosa- Os metalúrgicos de Carlos Barbosa aprovaram o índice de reajuste de 2,69% e mais as cláusulas propostas na assembleia. A pauta foi debatida na noite de quinta-feira, 3, e a votação se estendeu por formulário até às 14h30min desta sexta-feira, 4. O próximo passo é a comunicação ao sindicato patronal do resultado da assembleia para que na sequência seja agendada uma reunião para a assinatura da nova convenção entre o Sindicato dos Metalúrgicos de Carlos Barbosa e o sindicato Patronal, (SIMECS).

“Estamos satisfeitos com o resultado em um ano tão atípico e difícil para os trabalhadores brasileiros. Apesar da conjuntura tão adversa em que muitas categorias estão perdendo direitos e nem sequer convenção conseguem assinar, nós buscamos a reposição integral da inflação oficial na data base, além de renovar as cláusulas sociais por mais 24 meses, que possibilitam a ampliação de novas contratações nas metalúrgicas locais”, avalia Ivanor Ceratto, presidente interino.

Confira o resultado da votação:

Você concorda que o período de apuração e fechamento do banco de horas passe de 4 (quatro) para 6 (seis) meses? Sim – 89%

Você concorda que a empresa troque um feriado que caia no meio de semana, por exemplo: na terça, quarta e quinta para sexta feira da mesma semana ou na segunda próxima, sem que haja votação por parte do trabalhador?  Sim 80%                                                             

Você concorda que a empresa adote regime de escala de 12 x36, a ser realizado através de acordo individual, onde o funcionário trabalha 12 horas e descansa 36 horas? Sim – 80%

Você aprova a proposta de prorrogação das cláusulas sociais e taxa negocial até 31/07/ 2022, conforme discussão conjunta entre as entidades sindicais? Sim – 76%

Você aprova o reajuste de 2,69% garantido em negociação com o sindicato patronal? Sim – 81%