Português Italian English Spanish

Comissão de Ética opta pela perda de mandato de vereador

Comissão de Ética opta pela perda de mandato de vereador


Não foi possível a votação em plenário pela falta de sessões

Carlos Barbosa- A Comissão de Ética do Poder Legislativo barbosense, formada pelos Vereadores, Everson Kirch-PP (Presidente), Mateus Chies Guerra –PP (Relator) e Enio Grolli-PDT (Membro), após quase um mês, a contar de 16 de novembro, quando recebeu a missão de analisar o processo disciplinar para a investigação da quebra de decoro parlamentar, reuniu a imprensa na tarde de segunda-feira, 14, para se manifestar a respeito da conclusão do processo disciplinar.

Acompanhados da Assessora Jurídica do Poder Legislativo, Dra. Paula Bonassina, procederam, através do Vereador Mateus, a leitura de todo o processo conclusivo. O relatório final, aponta o Vereador Alef Assolini Benini, como tendo envolvimento na panfletagem com os nomes de candidatos ao posto de vereador, inclusive colegas seus junto ao legislativo, durante a campanha eleitoral. A comissão decidiu pela perda do mandato do vereador.

Lamentavelmente, o veredito final, que deveria ser dado pelo plenário, com a posição dos demais vereadores que compõe o legislativo barbosense, não foi possível por não haver tempo hábil, por falta de sessões ordinárias, pois a reunião de segunda-feira, 14, foi a última desta legislatura.