Português Italian English Spanish

Iniciam as obras do novo Pronto Socorro no Hospital São Roque

Iniciam as obras do novo Pronto Socorro no Hospital São Roque


Serão oito meses até o encerramento das obras. Até lá, as consultas do hospital serão transferidas para um espaço na lateral do prédio.

Carlos Barbosa - Teve início as obras da reforma completa da estrutura do Pronto Socorro, a mais impactante da série de melhorias do Hospital São Roque programadas para os próximos anos a partir da parceria estabelecida com a Tramontina em 2021. Para garantir a execução integral do cronograma de obras e oferecer total segurança aos pacientes e equipe multiprofissional, os atendimentos adultos e pediátricos serão redirecionados para uma estrutura temporária.

Durante os cerca de oito meses de obra, as consultas serão transferidas para um espaço na lateral do prédio do Hospital São Roque. Apesar de o espaço ser considerado mais simples, a intenção da instituição é garantir que a capacidade e qualidade dos atendimentos sejam os mesmos apresentados até o momento.

Recorde de atendimentos

O início das melhorias coincide com um recorde histórico de atendimentos de Pronto Socorro no Hospital São Roque. Em maio foram registrados 3.992 atendimentos. Destes, 2.615 estão relacionados ao público adulto e outros 1.377 ao pediátrico.

Na comparação com o mesmo mês de 2019, último ano antes da pandemia, podemos observar que o número de atendimentos a adultos cresceu 28,8% e as consultas pediátricas foram ampliadas em 89,1%. Diante do aumento progressivo dos atendimentos nessa época do ano, o Hospital São Roque ampliou o número de médicos e equipes multiprofissionais disponíveis no Pronto Socorro. Além do aumento no número de funcionários, as capacitações seguem em ritmo acelerado, visto que com o aumento de demanda, também se observa aumento de casos críticos que requerem cuidados mais qualificados de toda equipe.

“Os dados evidenciam ainda mais a necessidade da ampliação e das melhorias que vamos realizar no Pronto Socorro. Toda grande obra gera contratempos, mas estamos tomando todas as medidas necessárias para minimizar o desconforto para todos, sempre com a premissa de garantir a segurança dos pacientes e equipes de atendimento. Temos certeza que o resultado final vai compensar esses meses de estrutura provisória”, descreve Cátia Argenta, gestora do Hospital São Roque.

Além do aumento de profissionais de saúde, a instituição também ampliou os horários disponíveis para consultas na Clínica de Especialidades e na Clínica da Mulher. Com atendimento no vespertino e aos sábados e integração ao Centro de Diagnóstico por Imagem (CDI), os espaços contam com médicos de diversas especialidades, com larga experiência de trabalho em hospitais reconhecidos.

O agendamento das consultas na clínica de especialidades podem ser feitas pelo telefone (54) 3461 9282 ou pelo WhatsApp no (54) 9.9226 1588.

Novo Pronto Socorro

Com o novo Pronto Socorro, o hospital vai aumentar em 100% sua estrutura de atendimento de emergências, permitindo prestar assistências a mais de um caso crítico ao mesmo tempo. Além disso, serão criados quatro leitos de estabilização, que terão monitorização intensiva enquanto os pacientes aguardam estabilização e/ou encaminhamento ao outro centro.

A reforma também prevê a separação do fluxo de acesso ao hospital. A porta da recepção será utilizada para visitas, cirurgias eletivas ou internações, enquanto a entrada do PS receberá atendimento de consultas conforme classificação de gravidade, separando os atendimentos por sintomas respiratórios ou não-respiratórios. O local ainda contará com acesso diferenciado para serviços como Samu e Corpo de Bombeiros. A intenção é agilizar o atendimento, evitando aglomerações e garantindo mais segurança para os pacientes.

As melhorias contarão também com uma central de monitorização de sinais vitais, com a checagem de medicamentos junto ao paciente, garantindo segurança em todos os processos.

Novos equipamentos do PS

A farmácia satélite do Pronto Socorro vai passar a contar com um dispensário eletrônico. A tecnologia armazena os medicamentos e os materiais médicos, que são acessados somente por profissionais autorizados, com o uso de leitor de impressões digitais. Os equipamentos possuem um leitor de código de barras, criando mais uma barreira de segurança. Outro ganho substancial é a agilidade com que os medicamentos chegarão para serem administrados ao paciente.

“Chegou a hora de modernizarmos o Pronto Socorro. Este hospital, que há mais de 60 anos acolhe todos que precisam de atendimento precisa ser modificado para atender as necessidades do aumento da população e criticidade dos atendimentos. Contamos com a compreensão da Comunidade para que, em breve possamos estar atendendo numa estrutura muito melhor. Durante o período em que os atendimentos ocorrerão na estrutura provisória, esforços ainda maiores serão dados para garantir qualidade e segurança a todos os atendimentos”, finaliza Cátia Argenta.